sexta-feira, 11 de maio de 2012

Ave Satani


                  A Aleister Crowley
                  A Hermes Trimegistro
                  A Buda. A Jesus Cristo
                  À Loucura... À ninguém.

Tu que és luz. Arcanjo do Inferno
O anjo caído - O eterno viajante -
- O Terceiro olho, Sol de inverno -
És Deus; seu Alter egus flamejante

Ouço desejoso o soar do teu passo
Anseio, sedento, o beijo da Morte
Meu pulso cortado - o contrapasso -
O sorriso cândido ao final do corte...

A natureza maliciosa da verdade
- A retidão escrita na linha curva -
Luz triunfante sob a manta turva
Imposta pela infame religiosidade.

És a arte em sua magnificência
- O entrelugar de toda aporia -
És o contraditório - A imanência -
O abismo entre homem e filosofia.

"Pai da una inconsciência coletiva
 Corpo da gnosis - a fonte viva
 Profunda catarse de todo ritus

 És a elevação de toda conciência
 O sustentáculo de toda ciência
 - Ave Satani. Ave versus cristus!"
                                   (Rafael de Oliveira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário