segunda-feira, 5 de março de 2012

Instinto Animal

                              Instinto obsessivo
 
Do canto da rua. O olhar apreensivo...
Reina soberano unico impulso: - Mata! -
O mais íntimo instinto. Puro e obsessivo
Ardor divino. Intrínseco desejo psicopata

Temente à vergonha da tortura
- Passar de predador à presa -
"Ser a vítima de alheia loucura
Ser o banquete posto a mesa!"
 
Fazer-me a caça e não o caçador
- Ofensa inadimissível para mim -
E por saber não suportar esta dor
Caçarei meus semelhantes até o fim.
 
Um passo sempre a frente, previnido
Vasculharei as mentes em busca do mal
Dois animais. Um vencedor, um abatido
O cheiro do assassínio - Instinto animal

E por mais que procure com tanto zelo
Uma verdade aponta em minha mente
Estando eu, em meio a toda esta gente
Pergunto: - Quem não poderia fazê-lo?
                                            (Rafael de Oliveira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário