sábado, 4 de setembro de 2010

Pseudo-Realidade

Latente morte
Lúdica vida.
Imagino sorte
Realidade sofrida.

Triste sopro
Astro magistral
Sozinho, sofro
Psicopatia social

Procuro verdade
Plantando mentira
Canto saudade
Colhendo ira

Habito escuridão
Almejando claridade
Interpreto são
Revestindo insanidade.
                          (Rafael de Oliveira)

Um comentário: